Salesiano Dom Bosco – Textos de aluno(a)s sobre os Estados Unidos na história.

A questão discursiva da avaliação foi:

PARTE II – QUESTÃO DISCURSIVA (valor = 1,0)

QUESTÃO 01

Tomando como referência os conhecimentos sobre os Estados Unidos nas duas Guerras Mundiais e sua atuação no mundo contemporâneo, analise a imagem abaixo.

armas

A seguir, compartilho alguns textos selecionados:

Texto 01:Teila  Almeida – 3º A

Os Estados Unidos são um país muito poderoso, visto que seu poder bélico e sua economia têm influência no mundo. Como sendo uma das maiores potências mundiais, os EUA realiza acordos com outras nações menos desenvolvidas, oferecendo proteção e armamento, o que é representado na charge como a plantação, uma vez que acaba influenciando a disseminação de guerras, visando as conquistas posteriores e o fortalecimento do capitalismo. No entanto, ao propor tratados de paz, como o de Versalhes, por exemplo, acabam se contradizendo, pois querem propagar a paz mundial sendo um dos influenciadores das guerras. Além disso, o último quadro da charge serve para mostrar que nem mesmo a maior potência mundial possui o poder de controlar o desencadeamento das guerras, pois, como o caso de Bin Laden, o próprio “exército” criado pelos EUA, pode se virar contra o mesmo.

__________________________________________________

Texto 02: Lorena Barreto – 3º B

Os Estados Unidos são uma superpotência que consagraram-se nesse status através do grande imperialismo exercido por eles, pela exploração capitalista e pelo aproveitamento de momentos de crises de outros países como ao final da 1ª Guerra e que se estendeu na 2ª Guerra também. A imagem retrata a ação violenta dos EUA, seja invadindo países ou matando pessoas, e que depois retorna para ele próprio. A exemplo da invasão do Iraque e de outros países do Oriente Médio, em nome da sua “supremacia” e “poder”de interferência em outras nações, sem respeitar a sociedade civil e o próprio Estado invadido, justificando-se por ser para a “proteção” do mundo ou dos EUA, atitude bastante errônea. Por causa dessas ações o Estado Americano sofre constantemente ameaças terroristas e civis sequestrados, refletindo a violência que ele mesmo iniciou. Outro exemplo que reflete bem essas ações e a imagem é o de Osama Bin Laden, terrorista que foi treinado pela CIA e esteve ao lado dos americanos na Guerra Fria e depois voltou-se contra os EUA, retornando a violência criada e iniciada pelos próprios americanos, um verdadeiro “tiro no próprio pé”.

_______________________________________________

Texto 03: Peterson Lima – 3 A

A imagem demonstra como os Estados Unidos agem politicamente no mundo. Primeiro, eles plantam o conflito – como a acusação que os EUA fizeram ao Iraque, dizendo que havia armas nucleares escondidas lá, mas o real objetivo era controlar o petróleo iraquiano – e continuam a regá-lo, alimentá-lo. Mas eles se esquecem que um dia a plantinha/conflito cresce e pode se revoltar contra aquele que a regou, levando o conflito à casa do Regador – nesse caso, levando destruição e morte aos EUA, como no 11 de setembro e a maratona de boston. Ou seja, a mesma arma que se planta é a mesma que o mata.

_________________________________________________

 Texto 04 –  João Pedro Rego de Oliveira – 3º B

 Os Estados Unidos mantiveram presença nas duas Guerras Mundiais de modo oblíquo, já que não se declararam oficialmente quanto a qual lado defenderiam, mas a todo momento, a partir de seu poderio bélico, forneceram o armamento necessário para as terríveis batalhas e consequentes mortes. A imagem em questão apresenta, declaradamente, o autor das ações, EUA, no qual em primeira e posteriores amostragens isso fica claro, não deixando de ressaltar que nas últimas situações, por mais que a morte tenha sido efeituada “apenas” pelo instrumento mortífero, arma, esse fato só ocorreu por causa do homem, que em todo o processo “regou” (financiou) o crescimento de suas ações.

   A imagem anterior é dividida em dois momentos, o primeiro, que ocorre até o crescimento, apesar da semente ser uma bala, aparentar ser de uma planta, o que demonstra que os EUA não tinham imaginado suas possíveis decorrências, mas tal fato deixa de existir, passando a ideia que o país sabe e contribui, declaradamente, com seus atos, quando a possível planta passa a tomar forma de armamento deixando assim o regador contente, mas isso se finaliza após a revolta tomada pela arma , que pode ser associada aos países que dependem dele, mas que desejam destruir qualquer laço de dependência.
   Os Estados Unidos assim como nas guerras mundias, até hoje sabem e de algum modo participam, visualmente ou não, dos acontecimentos de outras nações, como foi declarado a partir das espionagens de sua autoria que tornaram-se de conhecimento quase que mundial.
__________________________________________________

 

 Texto 05 – Clara Ballena – 3º B

Estados Unidos, um país que branda a liberdade anunciando-se como um país livre, porém é destruído por si próprio, pela sua própria criação. Mais conhecido como os EUA, ou a grande potência mundial, os Estados Unidos estiveram presentes nas duas grandes guerras mundiais como osa vitoriosos e poderosos. Com avanços econômicos e tecnológicos, os EUA se tornaram essa grande potência conhecida até hoje. Mesmo diante a grandes crises, como a de 1929, período pós-primeira guerra mundial e enorme poder econômico, os Estados Unidos se ergueram e se tornaram um grande aliado para os vitoriosos na Segunda Guerra Mundial. Atualmente, ainda lideram uma das maiores potências mundiais, sendo reconhecidos pelo mundo todo, seja no âmbito político, econômico ou social. Apesar disso, a sua potência econômica e o nacionalismo exagerado, causam a sua própria morte, em que seu povo julga a liberdade, mas também condena e contradiz os seus próprios princípios.
_________________________________________________
 Texto 06 – Lara Teixeira – 3º B
O Darwinismo social americano, assim como sua cultura imperialista são vistos até os dias atuais. Com sua visão de supremacia, os Estados Unidos sempre articularam seus poderes e tecnologias por todo o mundo, construindo armamentos e produtos poderosos que detinham todas as suas ameaças e serviam para venda a outros países em tempos de Guerras, como na Segunda Guerra Mundial. Partindo do seu poderio bélico, o país americano sempre motivou e investiu na criação de armas e expansão de suas políticas e ideologias, para tanto, ao mesmo tempo em que cria mecanismos perigosos, é vítima dos seus próprios poderes, sendo esses, responsáveis por crimes e assassinatos internos diariamente, além de conflitos externos ideológicos – atentados (Torres Gêmeas). Os Estados Unidos, do mesmo modo que buscam aprimorar suas tecnologias e ter poder frente aos outros países, acabam colocando-se contra as suas próprias criações e torando o mundo mais caótico e conflituoso. Em suma: “ Quem com o ferro fere, com o ferro será ferido”.
_______________________________________________

 

Texto 07  – Letícia Castro – 3º A

Os EUA desde os primórdios vêm se construindo junto a uma enorme sede de poder, Aas duas grandes guerras só fizeram o “Tio Sam” crescer ainda mais. Os EUA nunca foram o primeiro país a se envolver nas guerras mundiais, eles se diziam “neutros”, mas produziam armas para o lado que mais o favorecessem, e só participaram ativamente das guerras quando lhes foi conveniente. A charge expressa justamente a hipocrisia de um país que promoveu a Paz Armada e que atualmente promove a paz, mas que ao mesmo tempo produz armas para si e para diversos outros países, aumentando também seu próprio poder bélico. Porém, como retrata o texto não verbal, ele colhe o que planta, e isso é visualizado quando, nas guerras, os EUA – que até então eram “neutros” – foram “descobertos” colaborando com um dos lados, sendo assim atacados. E, atualmente, a charge pode se referir a um exemplo bastante conhecido, onde os EUA “plantaram” Bin Laden, o treinando arduamente e depois o “colheram” como uns dos seus piores inimigos. Assim, ao ser proposta – ou plantada – a violência, a mesma tende a se virar contra ele a qualquer momento.

______________________________________________

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s