Mulheres e Ditadura Militar –

0

Direto do Ospyciu

23/09/2013 06h01 – ATUALIZADA EM: 23/09/2013 11h27 – por Mariana Sanches

A-A+

Os testemunhos das mulheres que ousaram a combater a Ditadura Militar

A Comissão Nacional da Verdade, criada para elucidar crimes cometidos durante o período acaba de completar um ano. Antes de seu encerramento em 2014, tem como uma de suas principais missões contar o que sofreram as mulheres que foram contra o regime. São brasileiras hoje na faixa do 60 anos, como as ouvidas por Marie Claire> vítimas de estupros, choques nos mamilos, ameaças aos filhos, abortos…

DA ESQ. PARA A DIR.: AMÉLIA TEISS, ANA MARIA ARATANGY E CRIMÉLIA DE ALMEIDA (Foto: FABIO BRAGA E TADEU BRUNELLI)DA ESQ. PARA A DIR.: AMÉLIA TEISS, ANA MARIA ARATANGY E CRIMÉLIA DE ALMEIDA (FOTO: FABIO BRAGA E TADEU BRUNELLI)

Em pé sobre uma cadeira, nua, encapuzada e enrolada em fios, Ana Mércia Silva Roberts, então com 24 anos, esforçava-se para manter os braços abertos, sustentando uma folha de papel presa entre os dedos de cada…

Ver o post original 2.890 mais palavras

Anúncios

Sobre a Ditadura Militar no Brasil – materiais diversos: infográficos – textos – vídeos – filmes

0

Direto do Ospyciu

Infográfico – os 33 dias antes do Golpe civil militar de 1964:

http://g1.globo.com/politica/50-anos-do-golpe-militar/linha-do-tempo-33-dias-do-golpe/platb/

10 músicas que marcaram a luta contra a Ditadura:

http://www.historiailustrada.com.br/2014/04/dez-musicas-que-marcaram-luta-contra.html

10 motivos para não ter saudades da Ditadura:

http://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2014/03/22/10-motivos-para-nao-ter-saudades-da-ditadura.htm

Ditadura Militar e Corrupção:

http://www.ocafezinho.com/2014/03/10/a-ditadura-foi-o-regime-mais-corrupto-da-historia/

Preso por corrupção, José Maria Marin era um dos ‘cabeças’ da Ditadura Militar:

http://www.portalmetropole.com/2015/05/preso-por-corrupcao-jose-maria-marin.html#ixzz3bY7XDE00

Vídeos:

20 filmes sobre a Ditadura Militar:

Vinte filmes sobre a ditadura no Brasil

– 31 DE MARÇO DE 2015

02 (1)

Obras examinam prisões políticas, censura, resistência popular, lutas camponesas e operárias, tortura. No 51º aniversário do golpe, guia para compreender um período sombrio

Por Shellen Galdino, no Plaggiado

Diversos foram mortos, outros tantos torturados, outros tiveram que se exilar. Uma momento que jamais deve se repetir, porém, deve ser lembrada. Embora muitos ainda querem enterrar e não julgar os torturadores, existem diversos que lutam contra a volta deste momento e julgamento dos responsáveis.

Os anos de chumbo passaram…

Ver o post original 1.914 mais palavras

CONFHIC – Colégio São José 2015: sobre Trabalho em condições análogas à escravidão no Brasil e em outros países.

0

Escravidão acabou em 1888? Veja campanhas contra trabalho escravo moderno

http://economia.uol.com.br/empregos-e-carreiras/noticias/redacao/2015/05/13/escravidao-acabou-em-1888-veja-campanhas-contra-trabalho-escravo-moderno.htm

Chineses escravizados em pastelarias no Rio vêm da mesma região, diz MTE

Fornecedores da Renner terão de pagar quase R$ 1 milhão a 37 bolivianos

Sobre trabalho em condições análogas à escravidão…reportagem recente: Le Lis Blanc.

0

Galerinha, rebloguei esta matéria sobre o tema TRABALHO EM CONDIÇÕES ANÁLOGAS À ESCRAVIDÃO. Vale a pena ler, é bem completa.

Direto do Ospyciu

Roupas da Le Lis Blanc são fabricadas com escravidão

Leonardo Sakamoto

27/07/2013 05:15

Fiscalização resgata 28 pessoas, incluindo uma adolescente de 16 anos. Costureiros vítimas de tráfico de pessoas viviam e trabalhavam em condições degradantes e cumpriam jornadas exaustivas, características de trabalho análogo ao de escravo. Daniel Santini, da Repórter Brasil, acompanhou a operação de fiscalização: 

Oficina em que eram costuradas peças da Le Lis Blanc. Fotos: Anali Dupré/Repórter Brasil

A parede é de tijolos aparentes, com reboco improvisado e tábuas tapando as janelas. O piso é de cimento, coberto de retalhos, linhas e sujeira. Há fios de eletricidade puxados de maneira improvisada por todos os lados, alguns perigosamente próximos de pilhas de tecido, e, em um canto da improvisada oficina de costura, uma caixa d´água. Para ficarem mais próximos das máquinas, os lustres pendem do teto amarrados por cordões em que é possível ler “Le…

Ver o post original 1.076 mais palavras

CONFHIC – Colégio São José 2015 – Trabalho em condições análogas à escravidão no Brasil.

0

VÍDEOS:

ESPECIALISTA FALA SOBRE TRABALHO EM CONDIÇÕES ANÁLOGAS À ESCRAVIDÃO

https://www.youtube.com/watch?v=l_M1pVQ9wFs&spfreload=10

TRABALHO ESCRAVO NO BRASIL
AÇÕES DE COMBATE AO TRABALHO ESCRAVO
TRABALHO ESCRAVO – AÇÃO INTEGRADA
A LIGA – trabalho escravo em fábrica de confecções – o caso ZARA

https://www.youtube.com/watch?v=Tqecnv125v0